Caraguatatuba Cidades

Estudantes da rede municipal de Caraguá são medalhistas de ouro na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica

Estudantes da EMEF Prof.ª Maria Moraes de Oliveira, de Caraguatatuba, tiveram um excelente desempenho nas olimpíadas científicas nacionais deste ano. Em sua 24ª edição, a Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA) reuniu cerca de 840 mil participantes de 1.967 unidades de ensino públicas e privadas de todo o país. Em conjunto, também foi realizada a 15ª edição da Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG).

Mantendo a tradição de bons resultados, a escola de Caraguatatuba teve cinco alunos premiados na competição, com duas medalhas de ouro, uma de prata e duas de bronze.

Este ano, ganharam medalha de ouro as alunas Gabriela Silva Teixeira, 14 anos, e Maria Clara Martins Parra, de 12 anos. A prata foi para Ana Clara Rocha de Oliveira 15, enquanto Sophia Carvalho Antonichen, 15, e David Samuel Silva Oliveira, 12, conquistaram o bronze.

Uma das mais jovens, a aluna Maria Clara também obteve um excelente resultado na MOBFOG, com um lançamento de foguete que alcançou 131 metros, lhe rendendo a medalha de Bronze na competição de sua categoria.

A secretária de Educação, Márcia Paiva, parabenizou os alunos em nome do prefeito Aguilar Junior, e destacou o empenho dos estudantes e esforço das equipes gestora e docente em incentivar e preparar os participantes. “Temos muito orgulho do trabalho feito nas escolas e, certamente, estes alunos são destaques e terão muito sucesso em um futuro próximo”, disse.

A olimpíada é realizada anualmente pela Sociedade Astronômica Brasileira (SAB) e pela Agência Espacial Brasileira (AEB) entre alunos de todos os anos do ensino fundamental e médio em todo território nacional e no Exterior, desde que por escolas de língua portuguesa.

O objetivo é fomentar o interesse dos jovens pela Astronomia, Astronáutica e ciências afins, promover a difusão dos conhecimentos básicos de uma forma lúdica e cooperativa mobilizando, além dos próprios alunos, seus professores, coordenadores pedagógicos, diretores, pais e escolas, entre outras instituições voltadas às atividades aeroespaciais.

Fonte: Prefeitura Municipal de Caraguatatuba